EGPA e Sepi abrem inscrições para curso sobre povos indígenas

- Advertisement -

A segunda turma do curso ‘Reflorestarmentes’, com o tema ‘Eg Rá – Nossas Marcas’, está com inscrições abertas no site da Escola de Governança Pública do Estado do Pará (EGPA). A formação será realizada entre os dias 4 e 6 de junho e é uma parceria entre EGPA e Secretaria dos Povos Indígenas (Sepi), com o objetivo de qualificar servidores públicos estaduais e municipais sobre a diversidade cultural dos povos indígenas. A formação é presencial, na sede da Escola de Governança.

“Finalizamos a primeira turma com 70 alunos de diversas secretarias, com conhecimento suficiente para retornarem ao seu dia a dia de trabalho e atuarem como agentes de transformação social, enxergando as necessidades dos povos indígenas de acordo com as ações desenvolvidas por cada órgão do Governo”, destacou o diretor da EGPA, Helvio Arruda.

Neste segundo módulo, a qualificação será ministrada por Joziléia Kaingáng, doutora em Antropologia Social pela Universidade Federal de Santa Catarina, coordenadora e co-fundadora da Articulação Nacional das Mulheres Indígenas Guerreiras da Ancestralidade e diretora do Departamento de Promoção da Política Indigenista do Ministério dos Povos Indígenas.

Eg Rá, escolhido como tema para a segunda turma, significa Nossas Marcas, na língua Kaingáng. “O tema foi escolhido pensando na identidade dos povos indígenas, os grafismos marcados em nossos corpos, em nossas artes, e que conta nossa história, nossa cosmologia. As marcas (Rá) dos povos indígenas estão presentes desde a ancestralidade até nossa vida moderna, nos dias atuais, quando atualizamos nosso modo de vida, nossa língua e nossos direitos”, explicou Joziléia.

“Nossa expectativa é fazer um trabalho de multiplicar o conhecimento, estamos plantando uma sementinha e contamos com essas pessoas que vão seguir reflorestando as mentes institucionalmente onde quer que elas estejam”, frisou a secretária da Sepi, Puyr Tembé.

A metodologia da qualificação busca envolver os servidores em diálogos participativos, a partir de aulas expositivas, atividades coletivas e discussões de textos e filmes, levando os servidores ao fim do curso a visualizarem seu papel de atuação na defesa dos direitos territoriais, ambientais e culturais dos povos indígenas do Pará.

As aulas do primeiro módulo estão disponíveis no Ambiente Virtual de Aprendizagem da Escola de Governança, neste link, para servidores públicos.

Com informações da Agência Pará

- Publicidade -
spot_imgspot_img
DOL
DOLhttps://dol.com.br/?d=1
Site especializado do portal DOL com notícias, reportagens especiais e informações sobre a COP 30, maior evento climático do mundo, que será realizado em Belém, em 2025, além de temas relacionados, como Amazônia, mudanças climáticas e desenvolvimento sustentável.