Presidente Lula recebe a ‘Carta de Belém’, que sediará a COP em 2025; vídeo

- Advertisement -

Neste sábado, 2, parte das agendas do governador Helder Barbalho em Dubai, nos Emirados Árabes, no terceiro dia da COP28, estão voltadas pra o diálogo com a sociedade civil organizada.

Por volta de 10h, horário de Dubai (cujo fuso horário é de 7h a mais em relação a Brasília), o Governador do Pará participou de uma programação organizada pela Presidência da República, com o tema “Da COP28 à COP30: Fortalecendo o engajamento da sociedade civil em diálogos sobre mudança do clima”. Além do próprio Presidente Lula, estiveram presentes a Ministra dos Povos Indígenas, Sônia Guajajara, a Ministra do Meio Ambiente, Marina Silva e o Ministro de Estado Chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Márcio Macêdo. O prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, também esteve presente.

Na ocasião, o governador destacou as entregas já realizadas pelo Estado e ainda destacou a atuação durante a COP28, com o lançamento de programas importantes para a redução do desmatamento. Ele falou, ainda, sobre a expectativa para a realização da COP30, que deve ser a primeira a ser realizada em um Estado da Amazônia.

“A crise climática tem o poder de alcançar e afetar a humanidade inteira. Por isso que 195 países estão aqui reunidos para tratar de temas que são extremamente relevantes”, reforçou a Ministra do Meio Ambiente, Marina Silva.

Durante o evento, o residente Lula recebeu a Carta de Belém, que sediará a COP30 em 2025. “Todo mundo resolve falar sobre a Amazônia, então, dessa vez, a gente resolveu fazer com que a Amazônia fale para o mundo o que ela é”, destacou o Presidente Lula, ao se referir à realização da COP30 no Brasil, na Amazônia.

Por Cintia Magno,
De Dubai, Emirados Árabes

- Publicidade -
spot_imgspot_img

Conteúdo Relacionado

DOL
DOLhttps://dol.com.br/?d=1
Site especializado do portal DOL com notícias, reportagens especiais e informações sobre a COP 30, maior evento climático do mundo, que será realizado em Belém, em 2025, além de temas relacionados, como Amazônia, mudanças climáticas e desenvolvimento sustentável.